Receba nossos informativos. Cadastre-se!

Nossas Redes

Casas André Luiz tem primeira mulher como Presidente

Em Notícias, 29/01/2018

AUMENTAR | diminuir fonte

A empresária Luzia Margareth Pummer Carvalho será a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente da Instituição. Após a eleição, realizada em novembro na Assembleia Geral do Conselho Deliberativo, composta por 60 conselheiros, foi eleita para ocupar o cargo em um mandato de 3 anos.

Voluntária nas Casas André Luiz desde 1990 participou intensamente de atividades na Unidade Doutrinária, e também ocupou o cargo de diretora tesoureira da Fundação Espírita André Luiz e das Casas André Luiz.

Dentre os planos para esse novo mandato, três se destacam para continuidade do trabalho prestes a completar 69 anos de atuação com o deficiente. Embora muito comum associar o terceiro setor com algo apenas filantrópico, é cada vez mais evidente que as organizações precisam de governança e transparência para atingir as metas de gestão.

Plano Estrutural

Iniciado na gestão anterior, a ideia é dar sequência no plano, com o aprimoramento das áreas estratégicas como a gestão de Pessoas, Finanças, Processos e divulgação com o departamento de Marketing e T.I para que, na sequência as unidades operacionais se fortaleçam e tenham melhor estrutura para buscar as necessidades da Instituição.

Redução de Despesas

Uma das tarefas mais difíceis no dia a dia das instituições do terceiro setor é manter o equilíbrio financeiro, principalmente em um cenário de crise econômica, para não comprometer o trabalho social, as ações de redução de despesas serão contínuas para driblar esse momento.

Captação de Recursos

Trabalhar a busca de novos recursos e dar apoio para que as áreas de captação possam melhorar a suas performances, fortalecer as parcerias e os doadores está no escopo da gestão.

Para Margareth, a responsabilidade do cargo vem junto com grandes desafios, “além das exigências de competências necessárias que devo ter para exercer o papel de Presidente, terei que administrar os conceitos e preconceitos que a mulher muitas vezes tem que enfrentar ainda nos dias de hoje”, afirma.

No quesito liderança feminina, a Vice-Presidência há 27 anos fica a cargo da Zélia Therezinha Lopes Mimessi, hoje com 88 anos ainda exerce assiduamente seu trabalho focado nas Relações Institucionais, que se constituem em relações com o Poder Constituído , processos referentes à contratualização na área do SUS ,decodificação e acompanhamento de Portarias referentes à are a de deficiência intelectual.

Com duas figuras femininas no comando, a Zélia Mimessi, acredita que uma instituição filantrópica de origem religiosa cumpridora dos ensinamentos do Mestre demonstra claramente que acredita somos todos iguais perante a lei de Deus, “ não interessa o gênero e sim a capacidade de trabalho , o comprometimento com o ideal e o desejo incontido de cooperar com a Providência Divina. Além do que é uma demonstração que as mulheres estão se preparando cada vez mais num mundo extremamente competitivo”, garante.

A presença de mulheres em cargos de liderança no Brasil tem crescido nos últimos anos, mas as discussões sobre os desafios de desigualdade de gênero ainda é assunto em alta para esse cenário. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015, a presença feminina ocupa apenas 37% dos cargos de direção e gerência e 10% nos comitês executivos das grandes empresas.





Ajude »

Colabore com a manutenção dos atendimentos ao deficiente intelectual

 

Deseja ver mais opções de doação?

 

 

 

Galeria de Vídeos »

© 2018 C.E.N.L. Casas André Luiz. Todos os direitos reservados.

Todo o conteúdo do website é de uso exclusivo do Centro Espírita Nosso Lar Casas André Luiz,
ficando proibida sua reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei.
Telefone: (11) 2457-7733
E-mail: faleconosco@casasandreluiz.org.br